95% da carne bovina é produzida em pastagem, no Brasil

No Brasil cerca de 95% da carne bovina é produzida em regime de pastagens, cuja área total é de cerca de 167 milhões de hectares. Essa particularidade aumenta a competitividade do nosso produto: menor custo de produção, não compete com a alimentação humana e ainda confere um diferencial qualitativo à carne brasileira por não apresentar riscos associados ao “mal da vaca louca”, que está relacionado ao uso de proteína animal na alimentação do rebanho.


Plantio de Panicum BRS Zuri no Mato Grosso.
BRS Zuri, variedade protegida pela Embrapa

Na alimentação do rebanho bovino grandes avanços ocorreram a partir do melhoramento das pastagens existentes. A adoção de capins selecionados e desenvolvidos por meio da pesquisa científica no Centro-Oeste brasileiro, por exemplo, alavancou a capacidade de suporte e também o desempenho animal. As cultivares liberadas, principalmente pela Embrapa, na sua maioria selecionados a partir da variabilidade natural, espelham o sucesso do método utilizado e hoje respondem por mais de 70% do mercado de sementes forrageiras.


Para conhecer mais variedades Sementes Acampo, clique aqui.


Fonte: Embrapa

0 comentário